Criadores de Sorrisos

Vamos ajudar a criar Sorrisos! Pequenos gestos fazem grandes sorrisos e todas as mãos podem ajudar, se o coração assim quiser. Esta pagina será um local para oferecer ajudas, receber sugestões, indicar pessoas que necessitam...um local de encontro para as pessoas que queiram ser solidárias, com pequenos gestos e sem propaganda.

A minha fotografia
Nome:
Localização: Funchal, Madeira, Portugal

tenho quase tudo para ser feliz mas ando sempre à procura de qualquer coisa, que não sei o que é.

21.10.09

Campanha de Recolha de Cabos "Boa Esperança" - a favor da Casa Ser Criança

Ajude a ABRAÇO a reconstruir a Casa Ser Criança

Envie-nos os cabos eléctricos que não utiliza.

Passe esta mensagem aos amigos e empresas.

Veja o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=yAX1jqw-nQE

A Abraço está a reconstruir a Casa Ser Criança e todos podem ajudar, através do envio de cabos eléctricos que já não são utilizados e que podem ser reciclados.

Que tipo de Cabos?

Todos; telefone, computador, etc.

Como ajudar?

Indo a uma estação dos CTT, pedindo uma embalagem solidária, colocando os cabos e seleccionando a Abraço de entre as várias Instituições; os CTT fazem-nos chegar a caixa gratuitamente;

*OU*

Indo a um “Centro Comercial Dolce Vita” e colocando os Cabos nas Casas Depósito;

*OU AINDA*

Reenviando este email aos amigos, ou promovendo recolhas.

A Abraço agradece!!!

Mais informações:

www.abraco.pt/casasercrianca

Tel: 217997500 217997500

Ligue-se a esta causa!!!!

Cumprimentos e um ABRAÇO

Carlos Gonçalves

SAF - Conteúdos e Informação

*ABRAÇO* - Associação de Apoio a Pessoas com VIH/SIDA Largo José Luís Champalimaud, nº 4A 1600-110 Lisboa

Tel: 21 799 75 00 21 799 75 00 / Fax: 21 351 65 85

*Linha Abraço 800 225 115 800 225 115 *

*www.abraco.org.pt* <http://www.abraco.org.pt/>

9.6.09

14ª Campanha de Reciclagem de Radiografias: 5 a 26 de Junho de 2009

A AMI apela para que a população em geral contribua deixando as suas radiografias com mais de 5 anos ou aquelas que já não têm valor de diagnóstico nos sacos disponíveis em qualquer farmácia, sem relatórios, envelopes ou folhas de papel.

Durante três semanas, apoiada por todas as Farmácias do País, a AMI vai recolher o maior número possível de radiografias com mais de cinco anos e/ou sem valor clínico para posterior reciclagem e extracção de prata nelas contida.
Neste processo, a prata é separada das películas, obtendo-se por cada 10 toneladas de radiografias, cerca de 10 kg de prata. Procede-se depois à venda da mesma nos mercados internacionais, garantindo assim uma fonte de recursos importante para a prossecução do trabalho humanitário da AMI, ao mesmo tempo que se contribui para a preservação do ambiente.

Os 3 princípios da sustentabilidade estão assim reunidos nesta acção: reciclagem (aproveitamento de resíduos) – criação de riqueza (recuperação e venda da prata) – responsabilidade social (aplicação dos fundos em projectos de desenvolvimento humano)

Nas trezes campanhas desenvolvidas anualmente desde 1996, a AMI conseguiu recolher mais de mil toneladas de radiografias, recuperando à volta de 1 tonelada de prata, possibilitando o investimento de mais de um milhão de euros em projectos de desenvolvimento e luta contra a pobreza.
As receitas provenientes da venda são canalizadas para o projecto de acção social da AMI em Portugal (oito centros Porta Amiga que prestam assistência às populações mais desfavorecidas, dois Abrigos Nocturnos, duas equipas de rua de apoio aos sem-abrigo e uma unidade de apoio domiciliário), bem como para a acção humanitária que a AMI leva neste momento a mais de 40 países nos quatro cantos do Mundo.

Nunca é demais relembrar, e mais ainda neste momento de crise, que todos, sem excepção, podem ajudar nesta campanha já que não é pedido qualquer esforço financeiro. Basta apenas procurar radiografias antigas e sem valor de diagnóstico e entregá-las na farmácia mais próxima.

3.2.09

Inscrição de dadores no Hospital

A inscrição de dadores de medula óssea já pode ser feita no Hospital do Funchal, no serviço de hemato-oncologia, durante os períodos da manhã. É uma medida que vai facilitar a inscrição de mais dadores. Podem inscrever-se pessoas saudáveis até aos 45 anos, que nunca tenham recebido uma transfusão de sangue. Não custa nada e pode salvar vidas. Para já é o pequeno Diogo que precisa de um dador, amanhã pode ser um de nós, ou alguém da nossa família. Vamos ser solidários com esta causa.

29.1.09

Procura-se dador de medula óssea

Apelo para salvar uma vida
Rodrigo tem seis meses e precisa de um transplante de medula óssea com urgência

"O Rodrigo sofre de leucemia e precisa de um dador." O apelo começou a ser divulgado nos últimos dias por e-mail e, ao contrário do que algumas pessoas possam pensar, o pedido de ajuda é real e urgente. Rodrigo nasceu a 7 de Julho de 2008 no Hospital Central do Funchal. É o primeiro filho de Pedro e Orvídia Sousa. Às seis semanas de vida foi-lhe diagnosticada uma leucemia linfoblástica aguda, doença oncológica comum nas crianças. Depois do diagnóstico, Rodrigo foi levado pelos pais para o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa a fim de realizar uma série de tratamentos para combater a doença. Deu entrada no IPO no dia 18 de Agosto de 2008. Depois de realizar vários tratamentos, a doença entrou em remissão, mas infelizmente a sensação de alívio durou pouco. A leucemia voltou a atacar e Rodrigo teve de iniciar nova fase de tratamentos. A pior notícia viria agora com os médicos a dizerem aos pais que os tratamentos não estavam a resultar como era esperado e que é obrigatório realizar um transplante de medula para salvar a vida do bebé.O Rodrigo está agora a fazer um tratamento de recurso que se prolongará durante os próximos dois meses. Mal o tratamento acabe terá de ser submetido a um transplante de medula, a única forma de impedir que a leucemia volte. Neste momento, foram já 'sinalizados' cinco dadores prioritários: os pais e três primos do Rodrigo. Os testes de compatibilidade vão começar a ser feitos já na próxima semana, mas Pedro e Orvídia Sousa estão "a fazer tudo" para salvar o filho. No princípio de Janeiro apenas 199 madeirenses estavam inscritos como dadores de medula. Um número bastante baixo, tendo em conta que a população regional tem algumas especificidades genéticas. É por isso que os pais do Rodrigo quiseram lançar um apelo na Região: porque quanto mais dadores houver, mais vidas poderão ser salvas. Mas, como o tempo é escasso, é preciso fazer o máximo com o mínimo de 'entraves'. O facto de o Serviço de Imuno-hemoterapia do Hospital do Funchal (unidade que habitualmente faz a colheita das amostras de sangue que depois são enviadas para Lisboa para a tipagem genética) ter capacidade logística para receber apenas 20 pessoas por semana pode ser um 'obstáculo' devido à urgência da situação. Foi por isso que o grupo 'Madeira + Saúde', através de José Júlio Castro Fernandes, já se disponibilizou em termos de meios humanos e técnicos para fazer a colheita sanguínea daqueles que estão interessados em se tornar dadores de medula óssea, podendo ajudar o Rodrigo e outros que, na Região, no país ou no mundo, precisem de um transplante para sobreviver. Caso haja uma adesão maciça e um elevado número de potenciais novos dadores (algumas centenas), também o Centro de Histocompatibilidade do Sul já mostrou disponibilidade para enviar uma equipa de técnicos à Região para realizar as colheitas. Enquanto não há datas, nem se sabe onde se farão as colheitas, o primeiro apelo é para que as pessoas interessadas em se tornar dadores preencham o inquérito preliminar que pode ser impresso através do site do CHS (www.chsul.pt). Depois basta enviar por correio para o CHS. Para ser dador basta apenas ter entre 18 e 45 anos e nunca ter recebido uma transfusão de sangue. Já a doação de medula óssea é uma intervenção que não provoca dor e que, em algumas situações, nem obriga ao internamento hospitalar. Fica aqui ainda o apelo dos pais, Pedro e Orvídia Sousa: "Hoje é o Rodrigo e os muitos 'Rodrigos' espalhados pelo mundo que precisam de um dador. Amanhã, quem sabe. Não deixem por favor de se inscrever como dadores de medula". 150 inquÉritos enviadosNo princípio do mês de Janeiro começou a circular por e-mail um apelo feito por Henrique Leitão. Depois de, à irmã do médico pediatra do Hospital do Funchal, ter sido diagnosticada uma leucemia aguda (doença passível de cura após um transplante de medula), o profissional de saúde não demorou muito em tentar 'angariar' potenciais dadores. As respostas não se fizeram esperar e a onda de solidariedade já resultou em cerca de 150 inquéritos devidamente preenchidos por novos dadores e que já foram enviados para o Centro de Histocompatibilidade do Sul.Nas próximas semanas, as pessoas que se disponibilizaram como dadoras na Região serão convocadas para se dirigirem ao Serviço de Imuno-hemoterapia do HCF a fim de realizarem uma análise de sangue, para tipagem genética.

Ana Luísa Correia , in Diário de Notícias, 29-01-2009

11.12.08

Espectáculo solidário

No próximo dia 12 de Dezembro, entre as 21 e as 22 horas e trinta minutos, decorrerá no espaço do Museu “Casa da Luz”, um concerto promovido por jovens músicos que integram o projecto de solidariedade “Missão Amanhecer - Dê um abraço ao Futuro”, cujas verbas do mesmo reverterão para o Serviço de Pediatria do Hospital Central do Funchal.

Esta apresentação é o culminar de um projecto promovido por três alunos - Custódia Nascimento; Olga Lala e João André Abreu integrado na Disciplina de Área de Projecto da Escola Básica e Secundária Padre Manuel Álvares, Ribeira Brava.

Durante o concerto actuarão os seguintes músicos:
Vozes: Diana Basílio, Filipe Abreu, Claudia Sardinha, Petra Gomes, Luís Gonzaga e Sara Gois.
Violino: Liza Valdman , Piano: Danilo Mendonça e a Banda: Rustick Dixieland Band


O valor de cada bilhete ascende a 10 euros.

7.12.08

Calendário do Centro da Mãe

Está à venda o CALENDÁRIO Centro da Mãe 2009, sob o tema "fadinhas". Ao comprarmos um calendário, por 5 euros, estamos a ajudar o Centro da Mãe.

O Centro da Mãe é uma associação de solidariedade social dedicada a apoiar jovens grávidas, mães e seus filhos, oferecendo-lhes afecto, amparo, acolhimento, encaminhamento e bens alimentares e materiais, ajudas tão necessárias no momento em que uma Mulher é Mãe.

Os calendários estarão à venda:


  • Nas lojas do Diário de Notícias, na Rua Fernão de Ornelas, nº 56 R/C e nas Arcadas de São Francisco, loja 7;
  • Na Placa Central do Funchal, no balcão da Esboço Interiores – no mês de Dezembro;
  • No Kiosque, na Rua Simplício Passos Gouveia, (ao lado do Hotel Porto Mare);
  • No restaurante A Segurelha, no Centro Comercial Dolce Vita;
  • No Jardim Municipal, no balcão da Associação Geringonça – entre os dias 12 e 31 de Dezembro;
  • No Centro da Mãe, Bairro do Hospital, bloco 14, R/C.

Ajudem o Centro da Mãe. .

Um Natal mágico para todos!

http://www.centrodamae.pt/


28.11.08

"Uma tonelada de sorrisos"

Até ao próximo dia 19 decorre nas principais lojas do Pingo Doce na Região, uma acção de recolha de recolha de brinquedos, livros e roupas, cujo destino serão seis instituições madeirenses que apoiam crianças carenciadas ou em risco. Conseguir "Uma tonelada de sorrisos" é o lema e objectivo da campanha.
As instituições que eceberão estas ajudas são: Estabelecimento Vila Mar, Abrigo de Nossa Senhora da Conceição, Centro de Acolhimento de São Tiago, Centro da Mãe, Fundação Cecília Zino e Centro de Acolhimento "O Aconchego".
Para contribuir para cada uma destas instituições, existirão locais devidamente identificados para o efeito nas Lojas Pingo Doce Anadia, Dolce Vita, Fórum Madeira, Cancela, Hiper-Lido e Machico, respectivamente.

Projecto S.O.S do Cantinho da Madeira

Acaba de surgir um espaço semelhante aos "Criadores de Sorrisos" e aqui estamos a divulgá-lo. Quanto mais, melhor. Trata-se de uma iniciativa do espaço "Cantinho da Madeira":

O Cantinho da Madeira acaba de lançar um novo projecto de cariz social.
Chama-se SOS e surge numa altura em que o mundo está mergulhado numa crise financeira e o futuro está cada vez mais incerto.
Muitas empresas fecham as portas lançando no desemprego centenas e por vezes milhares de trabalhadores.É a pensar nas famílias mais carenciadas que criamos este espaço. Existem muitas pessoas e instituições que precisam de roupas, livros, brinquedos, etc.
Quem tiver algo para oferecer pode deixar aqui a informação e respectivos contactos. Os interessados irão com certeza aparecer.
Instituições ou pessoas anónimas podem também deixar os seus pedidos de ajuda na certeza que a ajuda irá surgir! O nosso papel é apenas criar o espaço para que o diálogo aconteça.
VAMOS TODOS AJUDAR A CONSTRUIR UM MUNDO MELHOR O novo projecto pode ser consultado em www.cantinhodamadeira.net ou directamente em http://sosmadeira.wordpress.com/

24.11.08

Pijamas para as crianças do IPO

Recebi este apelo por email. Vamos participar no "Movimento Pijaminha"?

"São necessários (principalmente) pijamas para as crianças que estão no IPO afazer tratamentos de quimioterapia. Após os tratamentos, os pijamas ficammuito sujos e gastam-se rapidamente.
Esta ideia surgiu há dois anos e hoje já é apelidada de *MovimentoPijaminha* pelo sucesso que têm tido os esforços conseguidos!
As necessidades existentes passam pela falta de pijamas, pantufas, chinelos,meias, robes e fatos de treino.Para todos a vida não está fácil, mas dentro das possibilidades de cada um há sempre espaço para participar, comprando ou obtendo junto de amigos efamiliares agasalhos que já não sirvam. No ano passado foram entregues 76 pijamas e o IPO ficou muito satisfeito com esta dádiva. Este ano vamos repetir a façanha, e se possível ultrapassar este número. Se divulgarem já estão a ajudar!!! "

Para quem não sabe o Instituto Português de Oncologia é na Praça de Espanha http://www.ipolisboa.min-saude.pt/

9.11.08

Combate à pobreza através dos Correios

A partir de 1 de Dezembro próximo, os Correios de Portugal põem em marcha um projecto que, durante os próximos meses, permitirá a qualquer pessoa ajudar quem mais precisa de forma gratuita. Este projecto é uma iniciativa dos CTT inscrita na sua política de responsabilidade social.
Surgiu da constatação de que ninguém como os CTT tem capacidade para chegar a todas as localidades e a todos os habitantes do País. Por isso, os Correios vão fazer um envio massivo de um folheto informativo por todas as casas do País. Esse folheto, que será acompanhado de um saco específico para o transporte dos donativos, informará a população sobre as instituições de solidariedade aderentes ao projecto e que tipo de bens necessitam.
Com esse esclarecimento em mente, bastará a qualquer pessoa deslocar-se a uma das quase 1000 Estações de Correio existentes de Norte a Sul do Paí com o seu donativo. Uma vez lá, ser-lhe-á fornecida gratuitamente uma caixa de transporte em cartão.
O autor do donativo apenas terá de encher a caixa e escolher ainstituição destinatária, entre as várias possíveis, sem precisar de indicar uma morada. Os Correios tratam do transporte e da entrega, de forma totalmente gratuita.
A lista de instituições de solidariedade social aderentes é uma lista aberta. Neste momento, os CTT estão em contacto com algumas dezenas de instituições, de carácter nacional e local. Está já confirmada a adesão de instituições como a Abraço, ACAPO, Acreditar, Ajuda de Berço, Ajuda deMãe, Aldeia de Crianças SOS, Associação Portuguesa de Surdos, Casa do Caminho, Casa do Gaiato, Centro Helen Keller, Comunidade Vida e Paz, Cruz Vermelha Portuguesa, GIRA, FENACERCI, Liga Nacional Contra a Fome, Refúgio Aboim Ascensão e Associação Sol. Outras serão anunciadas nos próximos dias.
Os bens elegíveis para doação dependem das necessidades de cadainstituição e das limitações logísticas e incluirão bens como roupa, calçado, agasalhos, artigos de higiene, brinquedos, produtos de limpeza, pequenos electrodomésticos ou de entretenimento, entre outros.
Para esta grande iniciativa de carácter nacional, os Correios vão disponibilizar não apenas os seus voluntários, de um universo de 16 mil trabalhadores, como a sua rede: quase 1000 Estações de Correios, 370 Centros de Distribuição Postal e 3702 veículos de transporte que, todos os dias, percorrem cerca de 240 mil quilómetros.
Este projecto dos CTT é complementado por uma iniciativa protagonizada por uma empresa detida a 100% pelos CTT, a PayShop, e que permite que qualquer cidadão faça donativos em dinheiro, a partir de um euro, em 4500 locais de todo o País: 3500 agentes PayShop e quase 1000 Estações de Correio. É convicção dos CTT - Correios de Portugal que esta iniciativa permitirá democratizar a solidariedade e eliminar barreiras geográficas.

Pais e mães natais através dos Correios

Recebi alguns emails com esta ideia que acho muito interessante e por isso também a divulgo. É uma alegria poder ser Pai ou Mãe Natal:

Que tal ir a uma agência dos Correios e pedir uma das cartinhas de crianças pobres e ser o Pai ou Mãe Natal delas?
Há a informação de que existem pedidos inacreditáveis. Existem crianças pedindo um casaco, uma blusa, ou um simples doce... É UMA ideia. É só pedir a carta e entregar o presente numa agência dos correios até o dia 20 de Dezembro. Os próprios correios se encarregam de fazer a entrega.

7.10.08

Manual escolar "História da cultura e das artes"

A Associação Abraço precisa de um manual escolar e pede a colaboreação de quem o puder sisponibilizar. Eis o apelo que recebemos:


"Estamos com dificuldades em adquirir o manual escolar abaixo indicado.

Neste sentido, solicitamos a vossa colaboração/apoio, reencaminhando este e-mail para os vossos contactos, de forma a ver se conseguimos que alguém nos disponibilize, mesmo em segunda mão, o referido manual.



HISTORIA DA CULTURA E DAS ARTES

Autor: Lidia Pinto

Porto Editora

10º Ano



Desde já, deixamos O NOSSO ABRAÇO





Com os melhores cumprimentos.

Mónica Santos

ABC "Ser Criança" Administrativa

ABRAÇO Associação de Apoio a Pessoas com VIH/SIDA

Rua de Santa Maria, n.º 111

9060-291 Funchal - Madeira - PORTUGAL"

2.10.08

Associação Padrinhos de Portugal

Acabamos de saber que a Associação de Padrinhos de Portugal acaba de abrir um blogue no Sapo:

http://padrinhosdeportugal.blogs.sapo.pt/

Eis a informação que recebemos por parte da Associação:

"Os Padrinhos de Portugal são uma iniciativa da jornalista Catarina Serra Lopes que congrega já algumas centenas de portugueses em torno de um projecto solidário com as crianças moçambicanas. Cada apadrinhamento (que custa unicamente 85 euros trimestrais) permite que uma criança aceda à educação e à alimentação diária, coisa que de outra forma não aconteceria.

Porém, achamos que ainda somos poucos e acreditamos que haja muita gente com vontade de participar. O novo blogue tentará ser uma ferramenta para congregar os padrinhos e para cativar e captar os novos beneméritos.

Nesse sentido, solicito a divulgação desta iniciativa nos moldes que achar conveniente.

Grato pela atenção
Júlio Sequeira
(jpps@netcabo.pt)"

'Bora lá ajudar?

24.9.08

Material escolar para Associação Abraço

A associação Abraço está a pedir a colaboração de todos, no sentido de conseguir reunir o material ecsolar necessário neste início de ano lectivo, para as crianças que apoia. Vamos todos ajudar?
Eis a carta que a Associação Abraço acaba de divulgar:


"Exmos. (as). Senhores(as),

Tal como é do conhecimento de V. Exa. a Associação Abraço tem vindo ao longo dos últimos anos a desenvolver na Região Autónoma da Madeira um trabalho impar no que concerne ao apoio a crianças filhos de pais seropositivos.

Estas mesmas crianças, oriundas de famílias com fracos recursos económicos, têm ao longo dos últimos quinze anos, recebido a ajuda desta Instituição o que lhes tem permitido aceder a uma vida com a máxima dignidade possível.

No âmbito deste projecto, está contemplado o apoio escolar, com um apoio personalizado no edifício da Associação a cada criança, local onde estas passam o tempo livre extra-escolar e fazem as suas refeições diárias.

Devido à abrangência do Projecto, e não tendo estas famílias disponibilidade financeira para o efeito deparamo-nos com dificuldades em adquirir algum material escolar para dar resposta aos pedidos apresentados pelas escolas..

Neste sentido, e estando no inicio de um novo ano lectivo, solicitamos a vossa colaboração/apoio, reencaminhando este email para os vossos contactos, de forma a juntarmos apoios para colmatar estas necessidades básicas das crianças/Jovens.

Material que temos em falta para o novo ano lectivo:

Blocos de Papel Cavalinho A4
Blocos de Papel Cavalinho A3
Minas 0,7 e 0,5
Tubos de cola liquida UHU
Resmas de Papel para fotocopia
Plástico autocolante para forrar livros
Correctores"

13.5.08

Padrinhos precisam-se

Bastam 30 euros para ajudar uma criança carenciada a ter umas férias divertidas e cheias de actividades, tal como as crianças mais favorecidas.
O projecto "Férias divertidas" vai ser desenvolvido novamente no Verão deste ano pela Associação de Desenvolvimento Comunitário do Funchal e deverá abranger 200 crianças e jovens dos bairros sociais do Funchal.
Graças a inúmeros apoios, cada mês custa apenas trinta euros. Mas trinta euros ainda é muito dinheiro para as famílias mais pobres. Por isso a Associação está à procura de Padrinhos, que aceitem custear esses trinta euros.
Quem quiser ajudar pode contactar a Associação na Rua da Alegria, nº 14 B, pessoalmente ou através dos telefones: 291 755232 e 913048808. Há também um endereço de email: adcfunchal@gmail.com

12.12.07

Roupas de senhora de tamanho grande

Em resposta a uma oferta da Criadora de Sorrisos Yola, colocada no blog em Setembro de 2006, acabamos de receber o pedido de roupas de tamanho grande, destinadas a uma senhora com problemas de obesidade. Aqui fica o endereço e o email da pessoa que nos contactou. Porque não ajudar. A senhora vive no Brasil, mas a solidariedade não conhece fronteiras.

"Meu nome é Márcia,tenho 34 anos e assim que vi o blog de vcs,vi uma luz no fim do túnel.Tenho 34 anos,estou obesa,visto manequim 54 e blusas extra-grandes,calçados 38,só tenho duas mudas de roupas e nem saio mais de casa por conta destes motivos que muito me entristecem mas não me tiram a alegria de viver. Sou evangélica e luto segurando nas mãos do Senhor Jesus Cristo. Peço por favor,se puderem me enviar suas roupas de números grandes,serei muito grata. Meu endereço é Estrada do Magarça,4823 Guaratiba-Rio de Janeiro-RJ CEP 23034-380 BRASIL
Amém. Por favor, me enviem e-mail www.mmellomafe@ibest.com.br"

10.12.07

Ajudar as Crianças da Seara Velha, Curral das Freiras

Recebi este email e decidi de imediato colocá-lo aqui.
Eu conheço a Seara Velha e sei que estas situações acontecem.
Há muitos anos, em pleno Inverno, cruzei-me com uma miuda de oito anos no centro do Curral das Freiras. Reparei nela porque, ao contrário de toda a gente, usava manga curta e tremia de frio. Perguntei-lhe porque não tinha levado o casaco com aquele tempo e nunca me esqueci da expressão dos olhos dela quando me respondeu que não tinha casaco. Perguntei o sítio onde vivia e o nome da mãe e consegui fazer-lhe chegar alguns casacos. Mais tarde visitei a família e levei-lhes outras coisas. Nunca me esqueci da alegria nos olhos daquelas crianças e daquela mãe, que criava quatro filhos sozinha, um deles muito doente. O marido morrera na Levada do Curral.
Isto aconteceu há uns quinze anos, a menina que não tinha casaco é hoje adulta e emigrou.
Tantos anos depois, há situações semelhantes na Seara Velha, Curral das Freiras.
Precisamos ajudar.


"Colegas,

Recentemente e a convite de uma professora, minha conhecida, visitei a escola da "Seara Velha" no Curral das Freiras. Fiquei horrorizada com tantas carências, sabia que na Madeira havia pobreza mas nunca ao ponto de encontrar uma criança de 10 anos a comer castanhas cruas para o almoço (a mãe fugiu, os tios são toxidependentes, a avó é cega e o "ganha pão" da casa é o avô já velhote) ou o caso da Leocadia, 10 anos, muito esperta e despachada. Tem de limpar a casa, fazer o almoço e cuidar dos seus 4 irmãos (pai alcoolico e a mãe sai de manhã, para o trabalho como empregada domestica e só volta à noite).

Nesse dia chovia e fazia imenso frio e para meu espanto pude verificar que a maior parte das crianças não tinham casaco (apenas t-shirt), e inclusivé vi uma criança com as pontas das sapatilhas cortadas por ser de nr. inferior ao seu (já não via tal coisa à muito tempo).

Decidi que iria ajudar estas crianças neste Natal. Falei com o Dr. Rui e ele disponibilizou capas para todos os alunos e um computador de 2ª mão (a escola não tem condições: é velha, fria e não tem pc para as crianças aprenderem).

Agora venho pedir a vossa ajuda. Esta escola + creche tem 70 crianças (desde meses de idade até 10/13 anos), todas com muitas carencias. O que vos peço é que me ajudem a dar a estas crianças um Natal mais feliz .................e sabem como? Tragam-me os brinquedos, roupas e livros que os vossos filhos já não querem, expliquem-lhes que é para meninos muito pobres e tenho a certeza que os cederam de boa vontade. Também se tiverem roupas vossas, posso oferecer aos pais. Tudo e qualquer ajuda é bem vinda............lembrem-se que são crianças Madeirenses e que neste caso podemos e devemos ajudá-las.

Obrigado

Luísa Camacho
Administrative DepartmentMadeira Management Companhia, Lda.t: + 351 (291) 201700f: + 351 (291) 227144

1.12.07

Peditório da Associação Abraço

Este fim-de-semana a Associação Abraço também está a recolher géneros alimentícios e de higiene em vários supermercados da região, nomeadamente: Modelos dos Viveiros, Cancela e Madeira Shopping, e Hiper Sá de São Martinho.
Hoje, um de Dezembro, comemora-se o Dia Mundial de Luta Contra a SIDA. A Associação Abraço apoia há dez anos as crianças e famílias madeirenses afectadas pela doença. Um dos apoios é o fornecimento de refeições quentes diárias e distribuição semanal de géneros alimentícios às famílias.
Vamos todos contribuir. Não fechemos os olhos aos problemas que às vezes parecem ser só dos outros.

30.11.07

Recolha de Alimentos da Cáritas Diocesana

A Cáritas Diocesana do Funchal recolhe alimentos no fim-de-semana de 1 e 2 de Dezembro, em todos os supermercados Pingo Doce.
A Cáritas pede produtos essenciais como arroz, massa, açúcar, sal, azeite, óleo, leite, sabão, fraldas, e muitos outros. Esses produtos vão ajudar cerca de 400 famílias madeirenses (mais de 1200 pessoas), que vivem com grandes dificuldades.
Os cabazes com produtos essenciais são distribuídos de acordo com as dificuldades das famílias e permitem que essas pessoas se concentrem na elaboração de um projecto de vida futuro, que passa pela formação e procura de emprego.
Vamos todos colaborar para que algumas famílias tenham os alimentos básicos para não passarem fome nem no Natal nem no resto do ano. Sejamos generosos :)

11.11.07

Menina de três anos precisa de ajuda

A Carolina é uma menina com 3 anos que precisa muito de ajuda para ser
mais feliz!!

Não deixem de visitar o site: http://www.carolinalucas.com

9.11.07

Bazar da Solidariedade na Camacha a 10 e 11 de Novembro

Iniciativa do Movimento de Voluntariado de Santa Cruz hoje e amanhã na Camacha

Bazar da Solidariedade dá ajuda a desfavorecidos

O Movimento de Voluntariado para a Solidariedade e Coesão Social do Concelho de Santa Cruz, leva a efeito hoje e amanhã o denominado “Bazar da Solidariedade”, iniciativa que visa angariar fundos para a causa que vai de encontro à sua génese que passa por congregar voluntários de diversas áreas profissionais que disponibilizam algum do seu tempo aos outros, tendo por campo de acção o conhecimento de situações de carência de algumas famílias do Concelho.
O “Bazar da Solidariedade” que hoje terá início, vai contar com a presença do presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz, criador do movimento e irá funcionar durante estes dois dias, com diversas iniciativas, entre as quais se destaca a venda de artigos diversos, barracas com comes e bebes e animação.A totalidade dos artigos que serão vendidos e cuja receita reverterá a favor do Movimento de Voluntariado, foram doados por empresas e particulares.
O Movimento de Voluntariado tem vindo a efectuar um trabalho válido de intervenção em áreas fundamentais que visam situações de pobreza e exclusão social; Apoio na reabilitação de habitações (pareceres técnicos, elaboração de cálculos de estrutura; projectos de arquitectura; reconstrução de habitações); acompanhamento jurídico; recolha e distribuição de bens (roupas, calçado, louças e mobiliário) e angariação de fundos.Novas áreas de intervenção em perspectiva.
A experiência acumulada e a constatação de diversas necessidades levam a que este Movimento de Voluntariado tenha em perspectiva a actuação noutras áreas, tais como a criação de um banco de ajuda técnica e o voluntariado empresarial. O primeiro pretende disponibilizar, por empréstimo ou doação, auxiliares para situações clínicas, para as famílias que dele careçam, melhorando a situação de vida de pessoas idosas, doentes ou com deficiência, como também dos familiares que lhes dão apoio.Relativamente ao voluntariado empresarial, o Movimento pretende desenvolver parcerias com empresas da região, tendo em vista o reforço dos programas implementados, nomeadamente do da reabilitação de habitações.Esta política de reabilitação de habitações degradadas de famílias com comprovadas carências económicas, tem evidentes benefícios humanos e sociais, dando ainda um importante contributo no desenvolvimento rural e na defesa da paisagem.

Duarte Santos, in Jornal da Madeira, 9 - 11 - 2007

16.9.07

Material escolar para as crianças da "Abraço"

Recebi por email o seguinte apelo, que aqui divulgo. Vamos ajudar?

Exmos(as) Senhores(as),

Estamos no início do novo ano lectivo e com algumas dificuldades em responder ás necessidades escolares das crianças/jovens do Projecto Ser Criança, uma vez que os cortes orçamentais realizados, afectam todos os jovens em idade escolar e com direito a acção social.

Visto estarmos a atravessar um período difícil a nível financeiro, solicitamos que reencaminhem este email, de forma a juntarmos apoios para colmatar estas necessidades básicas das crianças/jovens.

Material que temos em falta para o novo ano lectivo :

Compassos

Transferidores

Blocos de folhas A4 pautadas e quadriculadas

Blocos de papel vegetal

Blocos de papel cavalinho A4 e A3

Cadernos pautados grossos com argolas A4

Cadernos quadriculados com argolas A4

Cadernos pautados com margens sem argolas A4 (para criança)

Cadernos quadriculados com margem sem argolas A4 (para criança)

Capas de elásticos A4 e A3

Cartolinas blocos A3

Minas

Borrachas brancas pequenas

Apara lápis com e sem caixa

Tubos de cola liquida UHU

Fita cola

Tubos de Guaches

Plástico autocolante para forrar livros

Correctores

Clip's pequenos

Boiões de tinta

Capas de lombada larga de 2 argolas A4

Algumas escolas primárias pedem 1 resma de papel a cada criança.

Muito Obrigado – Reencaminhem Por Favor

Cumprimentos e um Abraço,

Mónica Santos

ABC"Ser Criança"-Administrativa

Associação ABRAÇO

Delegação do Funchal

Rua de Santa Maria, n.º 111

9060 - 291 Funchal

Telefone: 291 236 700 / Fax: 291 235 800

Linha Abraço 800 225 115

www.abraco.org.pt

5.9.07

Carrinho para bebé

Há cerca de um ano, uma Criadora de Sorrisos ofereceu um carrinho para bebé através deste blog, o qual foi entregue pouco tempo depois a um casal com dificuldades.
Agora uma leitora anónima terá visto esse post e escreveu-nos a dizer que está grávida e gostaria do carrinho, pois não tem condições de comprar um.
Alguém pode ajudar?

Roupas de homem

Resposta à oferta de roupas de homem, feita pela Andorinha:

"Olá,

Conheço um senhor viúvo e já muito idoso que passa muitas dificuldades que talvez possa ficar com as roupas do teu marido. O meu contacto tu ja tens.Beijinho,

Jhenny(irmã da Ana,Porto Moniz)"

MÁQUINA OU POÇO DE LAVAR ROUPA - QUEM TEM UM(A) PARA OFERECER?

Quem pode ajudar?

"Olá,

um feliz dia para ti criador(a) de sorrisos.
Conheço uma família que necessita de um poço de lavar roupa ou melhor seria uma máquina mesmo velhinha mas que funcionasse. Caso possas ajudar esta família responde a este apelo, por favor.
Continuação de uma dia muito feliz!
eu"

Frigorífico

Na sequência de um apelo que aqui deixou, a Criadora de Sorrisos "eu" acaba de informar que já conseguiu o frigorífico.

"Olá a todos!

Informo que já consegui arranjar o frigórífico para a família carenciada. Obrigada pela atenção!Um abraço.

eu "

10.8.07

Frigorífico - quem tem um para oferecer e que ainda funcione?

Chegou a este blog um apelo no sentido de ajudar uma jovem família com uma criança, que precisa urgentemente de um frigorífico. Alguém tem a possibilidade de ajudar?
Por vezes as pessoas trocam de electrodomésticos porque estes já estão ultrapassados, estão velhos ou não têm muita capacidade, mas ainda funcionam. Haverá algum destes casos? Eis o email que recebemos da "Criadora de Sorrisos" que assina "eu".

Olá! Sou eu!

Sou voluntária de um Movimento de Solidariedade na minha Paróquia e conheço uma família que está a passar grandes dificuldades a quase todos os níveis. O jovem casal tem um menino de 22 meses.
A mãe precisa urgentemente de um frigorífico pois com este calor tudo se estraga com facilidade.
Um abraço.

eu

Nova Criadora de Sorrisos

Este blog dá as boas-vindas a uma nova "Criadora de Sorrisos". Eis a mensagem que acabamos de receber:

"Olá Lília!

Muitos Parabéns pelo seu blog. O mundo precisa de pessoas como a Lilia e como todos e todas as criadoras de sorrisos que já deixaram aqui o seu bonito testemunho. Eu também sinto muito prazer em ser mais uma. Fazer os outros sorrirem faz de mim uma pessoa feliz! Passarei a estar atenta a este blog que só hoje descobri, infelizmente!

Um abraço para todos!

eu"

4.7.07

Roupa de homem: quem precisa?

A Criadora de Sorrisos Andorinha acaba de disponibilizar roupa de homem em bom estado. Quem necessitar, contacte.

"O meu marido tem roupa em excelente estado mas que ja nao usa porque ja nao lhe serve. Se alguem souber de alguem que precise é favor avisar."

Andorinha

5.6.07

Jovem regressada da Venezuela procura emprego

Como todos sabemos, a situação na Venezuela está casa vez pior e muitos optam por sair, procurando alternativas na terra dos pais.
É o caso de uma jovem que escreveu para o Blog "Criadores de Sorrisos", na esperança de que alguém dê informações sobre um possível emprego na área da sua formação.
Quem pode ajudar?

"Um Blog maravilhosos, gostei muito, muitos parabéns pelo trabalho que tens desenvolvido aqui.
Gostaria de te perguntar se sabes de alguma instituição ou empresa que precise de uma pessoa com conhecimentos e experiência na área da publicidade, fotografia digital e imagem corportaiva. Trabalhei 8 anos na empresa control security em Caracas-Venezuela, mas devido a instabilidade vim para a Madeira. Neste momento estou no desemprego há 4 meses e preciso muito de um trabalho.
Se souber de alguma coisa agradecia que me ajudasse.

Muito Obrigada

Patrícia da Silva

17.5.07

Procura de Emprego

O blog "Criadores de Sorrisos" recebeu o apelo de uma jovem desempregada, licenciada em Ciências da Educação, que gostaria de desenvolver a sua actividade numa instituição ou projecto de apoio a crianças e jovens em risco. Não nos custa divulgar o apelo e desejar Bárbara que consiga os seus objectivos.
Eis a mensagem que recebemos:

"Excelente Blog, gostei imenso, muitos parabéns pelo trabalho que tens desenvolvido aqui.Gostava de te perguntar se sabes de alguma instituição ou projecto de crinças e jovens em risco que precise de uma Licenciada em Ciências de Educação para acompanhamento e orientação escolar, TIC e diversas actividades pedagógicas e sociais. Trabalhei 13 messes no CRPSF, mas neste momento estou no desemprego há 5 meses e preciso muito de um trabalho. "

Muito Obrigada

barbara_benedito@hotmail.com

Esclarecimento

Na sequência de uma mensagem que recebemos, gostaria de esclarecer todos os leitores e "Criadores de Sorrisos" que este blog é uma iniciativa pessoal movido por um espirito de solidariedade, sem qualquer outro tipo de interesses a não ser ajudar quem precise, com gestos simples, tal como expliquei aquando da criação do blog. Nunca nos desviámos desse objectivo e assim continuará a ser.
Desde o início, o blog "criadores de Sorrisos" esteve vocacionado para o apoio directo a pessoas anónimas, como tem acontecido em todos os casos em que intervimos directamente. Não estamos nem nunca estivemos ligados a qualquer associação. No entanto, sempre que através de emails encaminhados, através da imprensa ou de outro tipo de divulgação, soubemos de peditórios, de acções de recolha de donativos, de apelos, etc, julgámos por bem aqui colocá-los.
Acaso alguma dessas associações, cujas acções ajudámos a divulgar, não o mereça, continuamos de consciência tranquila e não julgamos nem pessoas nem acções que não conhecemos. O nosso trabalho continuará na mesma linha: a Criar Sorrisos.

Eis a mensagem enviada para o blog "Criadores de Sorrisos".

"Dona Lília o seu Blog é excelente só é pena estar ligada à AFARAM pois essa instituição precisa muito pouco de dinheiro, ou então como poderiam eles tentar comprar 10% da minha empresa por 50 000.00 Euros. E mais como é que têm dinheiro? A Presidente fazer-se acompanhar por deficientes para uma empresa a fim de fazer pressão aos Sócios, qual a moral dessa instituição para expor dificientes a uma situação de conflito? Os pais deles souberam? Concordaram? os estatutos da associação permitem uma coisa destas? O meu pai é deficiente, perdeu uma perna jamais permitirei que uma associação dessas se aproxime dele.As verdadeiras associações precisam de gente como a Lilia, a Andorinha e o senhor João Soares não desses pseudo amigos dos deficientes.
Sónia Viveiros."

Roupa de senhora para oferecer. Quem precisa?

Uma Criadora de Sorrisos acaba de se disponibilizar para oferecer roupas de senhora número 36. Aqui fica a mensagem enviada para o site. Quem precisar ou souber de quem precise, por favor entre em contacto, deixando mensagem, para podermos combinar.

"Olá Lí­lia!Tenho umas roupas de senhora em óptimo estado para oferecer. Lembrei-me de passar por aqui e perguntar se sabes de alguém a quem possam fazer falta.
São tamanhos pequenos (36). Se souberes, e quiseres, diz-me que posso deixá-las contigo na próxima semana.

Obrigada, Patrí­cia Lencastre"

4.3.07

Pais Protectores

Vamos ajudar crianças dos orfanatos de Moçambique? Por 25 euros por mês, podemos ser "Pais Protectores" de uma das inúmeras crianças que se encontram em instituições. Basta abdicar de comprar mais uma simples camisola, ou seja lá o que for, para criar sorrisos.
Está tudo no site Pais Protectores .
Vamos ser um bocadinho menos egoistas.

SOS Índia - adopção à distância

Com apenas dez euros por mês, qualquer um de nós pode ajudar uma criança pobre da Índia.
O que é tão pouco para nós, pode ser tudo para uma dessas crianças orfãs ou de famílias em grandes dificuldades. Todas as informações estão no site SOS Índia

Vamos ajudar!

19.2.07

Ajuda para duas famílias madeirenses

A Andorinha enviou-nos a seguinte mensagem:

Queria que soubessem que neste momento estou em conversação com um militar para tentar conseguir alguns apoios para as duas familias que tenho vindo a ajudar (S.Martinho e Porto Moniz), ele chama-se Miguel e é do continente.
Está a tentar disponibilizar meios para transportar as ofertas que tenho recebido e tambem está a tentar conseguir alguns bens de necessidade mais urgente.
Gostaria de deixar aqui um agradecimento visto ele ter chegado a mim através do site.
Obrigada!
Andorinha

Ajuda para uma menina

Este apelo foi retirado do site "Grupo Paralaxe - Solidariedade, Língua Portuguesa e Universo Lusófono."

Fernanda Oliveira tem quase dois anos de idade e é portadora de uma doença rara chamada Aciduria Metilmalónica.
Como no Brasil não havia tratamento especializado, com o apoio de amigos, seus pais conseguiram ir com ela para Portugal, a fim de tratá-la com especialistas, e principalmente para que ela pudesse ter a chance de ter uma expectativa de vida maior, devido à gravidade da doença e suas seqüelas, que podem ocasionar até o óbito, caso não haja tratamento eficaz.
Hoje, ela recebe uma dieta especial e medicamentos que mantêm sua doença estável e seu desenvolvimento tem sido elogiado pela equipe médica, que a têm atendido com muita atenção.
Entretanto, devido a burocracia e aos altos custos, seus pais ainda não conseguiram um visto que os possibilite trabalhar. Estão apenas com o visto de turista, que precisa ser renovado a cada três meses, o que ocasiona novas despesas.
Isso tem dificultado bastante a estada deles lá, pois precisam estar constantemente recorrendo a campanhas de doação e ajuda de amigos, e o pouco que arrecadam mal tem dado para os medicamentos que precisam adquirir, pois nem todos são fornecidos gratuitamente, e para a alimentação complementar da Fernandinha (ela só recebe o leite especial).
A situação da família Oliveira piorou. O pai, Fernando, que tinha conseguido um trabalho temporário, agora está sem trabalhar, as doações que receberam recentemente para pagar a dívida da internet foram gastas com medicações, pois a Fernandinha teve uma piora e foram aumentadas as quantidades de remédios. Eles estão sem internet (o único contato deles com o mundo) por falta de pagamento e, acreditem, está difícil até para comprar comida.
Pedimos que, se tiverem algum contato em Portugal que possa ajudar doando comida, remédios, dinheiro ou conseguindo um emprego, isso também ajuda muito e, por favor, ajudem a divulgar esse apelo. Enfim, a situação está dramática.
ContactosGraziela Oliveira e Fernando Oliveira (pais)Telefones celulares: 966 005 015 e 918 413 508
Endereço residencial: Rua Gago Coutinho, 251 - 4425-089 Águas Santas - Porto - Portugal

Por : Labouré Lima
http://grupo-paralaxe.net/Joomla/

6.2.07

Pedido de emprego...

O Filipe Gonçalves acaba de divulgar um pedido de emprego para uma amiga que está desempregada. Aqui fica o apelo:

"Olá
Uma grande amiga minha ficou desempregada. E está à procura de trabalho em qualquer área apesar de ter experiência em secretariado de redação, secretariado de administração, atendimento ao público e recepção. Quem souber de alguma proposta era favor contactar-me. Para este e-mail: filipestana@gmail.com
Espero ser contactado em breve
Os melhores cumprimentos,

Filipe Alexandre Gonçalves

14.12.06

"Padrinho/Madrinha por um dia"

Até 15 de Dezembro, o Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família desenvolve uma campanha de solidariedade para angariar presentes - roupa e brinquedos - para as crianças e jovens mais necessitados que passam o Natal no Centro.
A campanha denomina-se "Padrinho/Madrinha por um dia". Quem quiser ser padrinho ou madrinha pode acompanhar a criança ou o jovem e a pessoa responsável do centro na aquisição de roupa ou brinquedos. Basta contactar o Centro de Reabilitação Psicopedagógica da Sagrada Família através do número 291 70 58 30.

12.12.06

Uma barbie....

Por motivos de trabalho, estive hoje na Escola Básica do Primeiro Ciclo do Garachico, no Estreito de Câmara de Lobos. A falar sobre o Natal com algumas crianças, perguntei o que queriam no sapatinho. Uma menina respondeu que queria uma barbie. Nunca teve nenhuma. Um menino queria um carro do lixo, outro uma escavadora, outro um carrinho de pilhas, uma moto, e assim por diante. Apenas alguns sonhavam mais longe e desejavam uma bicicleta, uma playstation ou um computador, que muito provavelmente não terão porque as famílias são carenciadas.
Lembrei-me que por vezes têm surgido neste espaço pessoas a oferecerem brinquedos ou roupas de criança. Esta seria uma boa oportunidade de criar sorrisos.
Escola do Garachico: 291 947267

Associação protectora dos Pobres precisa de cobertores e calçado

Neste Natal, a Associação Protectora dos Pobres, à Rua do Frigorífico, nº 9, gostaria de oferecer cobertores às mais de cem pessoas que apoia diariamante.
Parece não ser nada de especial para quem vive rodeado de conforto mas há pessoas que ficariam mais felizes se recebessem um simples cobertor para melhor se agasalharem nos dias frios.
É verdade que os tempos não estão fáceis, mas com boa vontade tudo se consegue. O apelo fica sobretudo para as empresas, que ao abrigo da lei do Mecenato até podem descontar os valores oferecidos, e uma vez que se trata de mais de uma centena.
Mas também é verdade que todos podem ajudar. Porque muitas vezes mais vale querer que poder. E todo o muito começa com pouco. Por vezes, basta só o primeiro passo. Quem quer ajudar?
A Associação também necessita de sapatos e de roupa interior, tanto de homem como de mulher. Vamos criar sorrisos!
Associação Protectora dos Pobres: telef 291 220897

10.12.06

"Lembre-se de quem não se lembra": ajudar os doentes de Alzheimer

O Grupo Regency Hotels and Resorts e a Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer estão a desenvolver uma campanha de solidariedade para ajudar os doentes de Alzheimer, com o lema "Lembre-se de quem não se lembra".
A campanha tem como objectivo a angariação de fundos para a Associação Portuguesa de Familiares e Amigos de Doentes de Alzheimer na Região Autónoma da Madeira.
Actualmente, estima-se que existem dois mil casos de doentes de Alzheimer na Região, cinco milhões na Europa, 65 mil casos em Portugal e 25 milhões em todo o mundo. Mas estes números tendem a aumentar devido ao aumento da esperança de vida da população.
Os donativos podem ser entregues no restaurante Golden Gate até 16 de Dezembro.

Oferta de roupas e brinquedos

Acabamos de receber de uma nova Criadora de Sorrisos a oferta de roupas (senhora e adolescente) e brinquedos. Quem precisar ou souber quem precise que responda a esta mensagem:

"Olá, eu sou a Tânia e queria saber se conhecem alguém que precise de roupas. São roupas de senhora e adolescente e tenho também alguns briquedos usados. Fico à espera do vosso contacto. "

Feira do Brinquedo de 11 a 13 de Dezembro

No seguimento do que tem vindo a fazer nos anos anteriores, o Rotary Clube do Funchal leva a efeito mais uma edição da Feira do Brinquedo que irá decorrer nos próximos dias 11, 12 e 13 de Dezembro.
A habitual barraca para recolha de brinquedos, livros, roupas e todo o tipo de donativos que a população pretender oferecer, irá estar situada no Largo do Chafariz e num horário alargado das 10h00 às 19h00 nas datas mencionadas.
O Rotary Clube do Funchal recorda que o resultado de mais uma edição da Feira do Brinquedo, irá reverter a favor das Instituições por ele apoiadas e que são a Fundação Cecília Zino, o Patronato Nossa Senhora das Dores, a Associação de Paralisia Cerebral da Madeira, o Centro Social e Paroquial de Santa Cecília e a Acreditar – Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro.

29.11.06

Leilão de "Diários Fotográficos" com fins solidários

Celebridades do meio cultural, artístico e desportivo fotografam o seu dia-a-dia com fins solidários.

Cool Hipnoise, Diogo Infante, Fernando Alvim, Naide Gomes, Pedro Górgia, Rádio Macau, Rita Ferro e Sílvia Rizzo são algumas das personalidades que participam nesta iniciativa da ONG portuguesa INDE - Intercooperação e Desenvolvimento. (www.inde.pt)
Utilizando uma máquina descartável, fizeram uma ‘reportagem fotográfica’ registando imagens únicas e surpreendentes do seu dia-a-dia. Estas fotografias foram reunidas num Diário Fotográfico e são a base deste leilão de solidariedade.
Os fundos recolhidos no leilão das peças fotográficas vão reverter a favor de projectos da INDE na luta contra a pobreza na Guiné-Bissau, Timor-Leste e Cabo Verde. Os “Diários Fotográficos” já estão disponíveis no portal de leilões Miau.pt até 11 de Dezembro no portal de leilões http://miau.pt/actividades/inde.jsp

:)

23.11.06

Ajudar o Centro da Mãe

Pedidos aumentam no Centro da Mãe
A instituição com 242 jovens mães inscritas dá apoio semanalmente a cerca de 50 jovens, sobretudo ao nível de leite para lactentes e fraldas
Os pedidos de ajuda aumentaram. A falta de rendimentos e a deficiente gestão de recursos são as causas apontadas

O Centro da Mãe é uma instituição de solidariedade social criada em Junho de 1999 que tem por missão apoiar grávidas e jovens mães (13-25 anos) em situação de risco e seus filhos.Com princípios bem definidos, como o respeito pela vida humana, dignificação do papel da mulher e valorização da família na sociedade, o objectivo desta instituição é sobretudo dar apoio material às mães carenciadas. Fraldas, leite para lactentes, formação, integração sociofamiliar e realização pessoal. Com uma psicóloga, uma assistente social a tempo inteiro, duas professoras destacadas pela Secretaria Regional de Educação que dão aulas ao ensino recorrente, o apoio das irmãs da Congregação do Bom Pastor e de voluntários, a instituição sobrevive sobretudo da Segurança Social, de donativos e de iniciativas como a Feira da Mãe, Feira das Arcadas de S. Francisco e Feira das Vontades, que se realiza este fim-de-semana. Desde 2001, o Centro da Mãe possui 242 mães inscritas e semanalmente dá apoio a cerca de 50 mães, sobretudo ao nível de leite e fraldas.Números que têm aumentado, o que, segundo Mónica Vasconcelos, assistente social, deve-se ao facto "de as mães estarem mais informadas da existência da instituição", mas também à falta de rendimentos e às dificuldades na gestão de recursos que muitas das mães apresentam.Ou seja, muitas vezes a falta de rendimentos é problema, contudo, em algumas situações, o grande problema existe mesmo quando há rendimentos. "Há uma dificuldade em gerir da melhor maneira e tentamos organizá-las, mas é complicado porque as prioridades das mães não são aquelas que nós queríamos que fossem", acrescenta. Explica ainda que os critérios utilizados para prestar apoio variam de caso para caso.Normalmente o processo é semelhante ao da Segurança Social. É verificado o rendimento do agregado familiar, que muitas vezes é dado quando as utentes estão em vias de receber o Rendimento Social de Inserção, e "a partir desse momento deixamos de apoiar ao nível material mas continuamos sempre a tentar fazer um trabalho com elas ao nível de inserção profissional, apoio psicológico", explicou Katerina Leacock, psicóloga. O Centro da Mãe estará uma vez mais presente na Feira das Vontades, a realizar-se entre os dias 24 e 26 de Novembro com uma série de artigos que reverterão a favor da associação.Velas decorativas, porta-chaves, camisolas para crianças, almofadas para bebés, almofadas com o Menino Jesus serão algumas das novidades patentes no Jardim Municipal. Quem estiver interessado em ajudar poderá fazê-lo através do 291224074.

Michele Faria , in DN 23-11-2006

19.11.06

Ajudar os doentes de Alzheimer

Recebemos um apelo no sentido de saber quem pode colaborar com artigos para o mercadinho de natal que a Associação de Familiares dos Doentes de Alzheimer vai realizar no Largo da Restauração no dia 26 de Novembro. Pode ser roupas, bibelots, peças decorativas etc. Coisas que temos em casa, que não nos dão jeito nenhum, mas que podem ser um contributo para esta causa. Podem deixar o material na sede da referida associação que fica junto à farmácia da Nazaré. Está aberta entres as 16h e as 19h de segunda a sexta feira. telefone: 291 772021

30.10.06

Voluntários para peditório da Abraço

A Associação "Abraço" precisa de voluntários para realizar o seu peditório. Aqui fica o apelo:

"A ABRAÇO – Associação de Apoio a Pessoas com VIH/SIDA, é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos. Tem como principais objectivos o apoio pessoal e social a pessoas infectadas ou afectadas pelo VIH, a prevenção da SIDA a nível de população em geral, com especial atenção à formação preventiva dos jovens, assim como à defesa dos Seropositivos.

No âmbito do Dia Mundial de Luta contra a SIDA, tem em preparação o XI Peditório Nacional, que visa a recolha de fundos para o prosseguimento dos seus projectos.

Assim, estamos a “recrutar” voluntários que colaborem/participem nesta iniciativa, que irá decorrer entre os dias 29 de Novembro a 3 de Dezembro.

Informamos, que poderão inscrever-se na sede da Associação, situada na Rua de Santa Maria, nº 111, ou através dos contactos telefónicos 291 236 700 e 969 19 5183.

Esperando estar juntos nesta iniciativa tão importante para a nossa Associação e para a Comunidade, aguardamos uma resposta, ficando ao dispor para qualquer esclarecimento que julguem necessário."

Vamos ajudar!

21.10.06

Peditório em favor do doente mental

Vai iniciar-se nos próximos dias um peditório em favor da Associação de Familiares e Amigos do Doente Mental da Madeira.Vamos todos ajudar. Eis o apelo lançado pela associação:


"Entre os dias 25 de Outubro e 5 de Novembro de 2006, realiza-se um peditório Regional da AFARAM – Associação de Familiares e Amigos do Doente Mental da Região Autónoma Madeira.

A AFARAM é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, em que todas as suas actividades são financiadas a 100% pelos donativos da sociedade civil. Sem estes apoios não seria possível concretizar os nossos objectivos.

Neste momento, a AFARAM apoia cerca de 15 utentes diariamente, nas suas instalações e, um número crescente de outros indivíduos que não estando a participar nas actividades diárias da associação, são de igual modo apoiados por nós.

Apelamos à participação da população neste peditório.

Quantos mais voluntários estiverem na rua, maiores serão os fundos alcançados.

Assim, informamos a todos aqueles que voluntariamente queiram participar no peditório da AFARAM, que estaremos no Largo do Pelourinho no Funchal, com um quiosque de apoio ao peditório e, ponto de vendas de alguns produtos por nós efectuados, das 10:00 ás 19:00.

Agradecemos e apelamos à participação de voluntários!"

19.10.06

Peditório da AMI no Funchal de 19 a 22 Outubro

"É já a partir de hoje e até ao próximo domingo que decorre o 13º peditório anual de rua da AMI (Assistência Médica Internacional). O Funchal é uma das várias cidades e vilas do país que são palco para esta acção de angariação de fundos, onde também se inclui as cidades de Almada, Angra do Heroísmo, Beja, Braga, Cascais, Coimbra, Évora, Faro, Lisboa, Ponta Delgada, Porto, Santarém, Setúbal e Vila Nova de Gaia. O peditório é levado a cabo por voluntários devidamente identificados e credenciados pela AMI. Para além desta forma de contributo, é também possível apoiar esta instituição através da rede Multibanco. Para tal, basta aceder à opção "Pagamento de serviços" e no espaço para "Entidade" digitar 20 909, de seguida, no espaço para a "referência" digitar 909 909 909 e inserir depois o valor do donativo que se pretende efectuar. Segundo informações fornecidas pela própria AMI as actividades desta organização «são financiadas a 70% pelos donativos da sociedade civil sem os quais não será possível prosseguir com as mais de 30 acções em curso a nível nacional e internacional». O peditório de rua do ano passado conseguiu angariar cerca de 138 mil euros, um valor que a AMI espera ultrapassar este ano. "
Ana Luísa Correia , in Diário Notícias Funchal, 19/10/2006

7.10.06

Mais criadores de sorrisos

De um/a criador/a de sorrisos anónimo/a acaba de nos chegar a seguinte mensagem. Obrigada:)

Olá
Acho esta iniciativa bastante boa...Temos de usar os meios disponíveis para tornar a vida de alguem melhor...Temos de oferecer sorrisos a quem deles precisa. Parabens :). Soube hoje da existencia deste blog e farei os possiveis por dar o meu humilde contributo relativamente às iniciativas apresentadas...E tentarei divulgar também este movimento. Gostaria de saber qual o canal no irc se não fosse incomodo. Beijos.


3.10.06

Canal "CRiadores de Sorrisos" no IRC

Uma Criadora de Sorrisos acaba de nos comunicar uma iniciativa interessante. Com a ideia de divulgar este projecto de solidariedade, a Nívea criou um canal intitulado "Criadores de Sorrisos" no IRC. Eis o email que acaba de nos enviar:

Olá :)

Espero não estar a abusar, mas criei no irc um canal que se intitula Criadores de Sorrisos. Há sempre hipótese de que as visitas que ele receber chame as pessoas à atenção para que há outros com necessidades. Além disso já adicionei este blog aos meus favoritos. Espero estar a ajudar. :)
Tudo de bom!!

Nívea

25.9.06

Material escolar para crianças da Abraço

Todos os Criadores de Sorrisos podem ajudar as crianças apoiadas pela Associação Abraço, com material escolar, necessário neste início de ano lectivo. Vamos ajudar.
Aqui fica o email, que acaba de ser divulgado pela Associação:



Exmos(as) Senhores(as),

Estamos no início do novo ano lectivo e com inúmeras dificuldades em responder ás necessidades escolares das crianças/jovens do Projecto Ser Criança, uma vez que as Escolas este ano cortaram com todo o apoio em material escolar (excepto os livros).

Visto estarmos a atravessar um período difícil a nível financeiro, solicitamos que reencaminhem este email, de forma a juntarmos apoios para colmatar estas necessidades básicas das crianças/jovens.

Material que mais necessitamos para o novo ano lectivo:

Blocos de folhas A4 pautadas e quadriculadas

Blocos de papel vegetal

Blocos de papel cavalinho

Cadernos pautados A4

Capas de elásticos A4 e A3

Separadores

Micas

Lápis nº 2

Apara lápis com caixa e sem

Correctores

Lápis de Cor

Canetas de Feltro

Lápis de Cera

Rolos de fita cola

Plasticina

Cartolinas

As escolas primárias pedem 1 resma de papel a cada menino.

Muito Obrigado

Cumprimentos e um Abraço,

Mónica Santos

ABC"Ser Criança"-Administrativa

Associação ABRAÇO

Delegação do Funchal

Rua de Santa Maria, n.º 111

9060 - 291 Funchal

Telefone: 291 236 700 / Fax: 291 235 800

Linha Abraço 800 225 115

www.abraco.org.pt

abraco-fx@netmadeira.com

23.9.06

Roupas de Homem tamanho L

Um Criador de Sorrisos, o Filipe Gonçalvez, acaba de nos disponibilizar roupas de homem tamanho L. Quem precisar ou souber de quem precise, basta responder. Muitos Sorrisos para todos.

Olá.
O meu irmão mais velho esteve a "arrumar a casa" e deu-me camisas, calções, polos, calças.
São roupas que em vez de deitar fora prefiro oferecer a alguém. O meu irmão é "forte", penso que deve usar o "L".
Se alugém estiver interessado é só dizer. Estou no DN todas as tardes a partir das 14h00.
beijinhos
Filipe Gonçalves

filipestana@gmail.com

15.9.06

Ajudar a Fundação do Gil

Os Criadores de Sorrisos madeirenses poderão ajudar a Fundação do GIl, numa actividade que vai decorrer nos próximos dias 22 e 23, no Funchal.
Aqui fica o email que recebemos, com os respectivos contactos. Vá lá, não custa nada e aposto que até vai ser divertido. Já imaginaram o privilégio que é poder andar nas ruas do Funchal disfarçados de Gil?

Caros Amigos:

Venho solicitar a vossa ajuda!Nos dias 22 e 23 de Setembro vai decorrer no Funchal a Convenção da ERA - onde vai ter uma parte destinada à Fundação do Gil. Precisamos de voluntários para duas coisas distintas: - uma é para estarem no stand da Fundaçãodo Gil a distribuir informação e a vender merchandising - e a outra é uma pessoa que se atreva a vestir o fato do boneco do Gil e passear nas ruas do Funchal durante o peddy-paper que a ERA vai promover no dia 23.
Agradeço que me contactem caso possam ajudar nem que seja só por algum tempo... fico a aguardar a vossa disponibilidade e desde já estou grata pela vossa ajuda. Passem por favor aos vossos contactos. 91 9771612 ou 96 2507305,

helenasofia@netmadeira.com

Cumprimentos, até mais, Helena Sofia

Roupas de números grandes

A Criadora de Sorrisos Yola acaba de nos contactar, oferecendo roupa de mulher, de números grandes. Quem precisar, ou souber quem precise, basta avisar. Sorrisos para todos.

Isabel, tenho várias roupas de pessoa (mulher) forte. Se souberes de alguém que necessite contacta-me pf. Bjs
Yola

22.8.06

Andorinha precisa das nossas orações

A Criadora de Sorrisos Andorinha precisa das nossas orações, para que tudo corra bem com um transplante de medula a que vai ser submetida esta quarta-feira. Vamos todos pedir, com força. Ela merece. Força, Andorinha.

18.8.06

Andorinha despede-se dos "Criadores de Sorrisos"

A Criadora de Sorrisos Andorinha, a alma deste blog, vai deixar de poder colaborar com este projecto solidário.
Desejamos-lhe muita sorte na nova fase da sua vida que vai inciar e esperamos que mantenha sempre um coração solidário; que a experiência de ter sido Criadora de Sorrisos deixe marcas positivas na sua vida.
Mesmo longe, a Andorinha será sempre Criadora de Sorrisos. Obrigada.


"Olá,

Venho com alguma tristeza informar que deixo os Criadores de Sorrisos. Por razões pessoais, a partir de agora deixo de fazer parte desta iniciativa. Se por algum motivo alguém me quiser contactar, estarei sempre de braços abertos para ajudar, deixo por isso o meu contacto: patriciafreitas@netmadeira.com

Um beijo a todos e até um dia.
Andorinha"

8.8.06

Carrinho já está entregue

O carrinho de bebé oferecido pela Andorinha já está entregue a um jovem casal. Eis o email que acabamos de receber da Criadora de Sorrisos Ana Cardoso, que alertou para o caso desse jovem casal:


Olá! Entrei em contacto com a Andorinha e já nos encontrámos tendo o carrinho sido já encaminhado para o casal que mencionei.
Não desejo deixar passar a oportunidade sem elogiar quem merece e a Andorinha merece certamente pela sua solidariedade e simpatia, tirou algum do seu tempo livre para ajudar quem precisa e sempre com um sorriso nos lábios.
Precisamos de mais jovens assim!Continuem com este lindo projecto.
Beijinhos

Ana Cardoso

2.8.06

Carrinho de bebé

Uma nova criadora de Sorrisos, Ana Cardoso, acaba de responder à oferta da Andorinha (carrinho para bebé). Pode contactar a Andorinha para o email patriciafreitas@netmadeira.com
Eis o email que a nova criadora de sorrisos nos enviou:


Cheguei ao vosso blog por indicação de uma amiga e devo dizer que a ideia é excelente.
Em relaçao ao carrinho se me pudessem fornecer o contacto da Andorinha posso indicar um jovem (muito jovem) casal que precisa de todos os apoios possiveis. Um bem haja.

Ana Cardoso

1.8.06

Oferta de carrinho para bebé

A Andorinha acaba de nos contactar porque tem para oferecer um carrinho para bebé. Alguém conhece quem precise?
Eis o email que a Andorinha acaba de nos enviar:

Olá! :) Depois de algum tempo sem dar notícias volto ao activo com uma oferta: tenho 1 carro de bebé ideal para criança até 2 anos...está em muito bom estado e tem todos os acessórios...alguém interessado?

Andorinha

30.7.06

Pessoas desaparecidas

Hoje deixo-vos um endereço que todos os Criadores de Corrisos devem conhecer. Trata-se da página da Polícia Judiciária com informações sobre as pessoas desaparecidas em Portugal e que nunca foram localizadas. Entre elas encontra-se uma criança e um jovem madeirense, a Sofia Andrade e o João Teles.
Estamos solidários com a dor das famílias de todas estas pessoas. Que Deus as ajude.

28.7.06

Site da Amnistia Internacional

Vivemos num mundo globalizado e não devemos olhar só para o que está perto. Olhando mais além, apercebemo-nos da nossa pequenez. Faz-nos bem.
O site da Amnistia Internacional mostra-nos, por todo o mundo, infinitas necessidades de Sorrisos.
E quando existe vontade, há sempre uma maneira de ajudar. Nem que seja, apenas, consultando o site e divulgando-o.

Projecto Crescer sem Risco

"Crescer sem risco" é um projecto que está a ser desenvolvido por uma associação de solidariedade social no norte da Ilha, freguesia de Ponta Delgada. As crianças e jovens apoiados através desse projecto precisam de Sorrisos. Vamos ajudar?
Eis o email que recebi da Associação, onde é referida a página naa net para possíveis contactos:


Olá,
Vi o teu blog "criadores de sorrisos" e gostei muito.
Aproveito a oportunidade para te falar deste projecto inovador, promovido pela associação olharfuturo.
A associação está sediada em Vila Nova de Gaia e cá na Madeira promove o projecto em Ponta Delgada, São vicente. É um centro de acompanhamento educativo que apoio e orienta crianças e jovens em situaçaode perigo desde os 10 aos 18 anos e respectivas famílias. Estas crianças e jovens são encaminhadas pela Comisão de Protecção de Crianças e Jovens de São Vicente e pelo Tribunal.
Sendo esta associação uma IPSS sem fins lucrativos necessitamos de todos os apoios possíveis em géneros ou monetários. Podes ver mais alguma informação em www.crescersemrisco.no.sapo.pt.
Tudo de bom. Aguardamos a tua visita. A equipa do Crescer sem Risco

23.7.06

Contacto importante

Em Maio, um leitor/a, que não se identificou, ofereceu-se para arranjar roupas de crianças até aos 8 anos. Surge agora a oprotunidade. A Isabel Camacho pede que acontacte pois essa ajuda por fazer criar sorrisos.

A menagem que recebemos em Maio:

Eu também poso arranjar várias roupas de criança ate aos 8 anos e brinquedos, livros e outros acessórios para bebés. obrigada, o vosso/nosso blog é fantástico.
A mensagem que a Isabel Camacho acaba de deixar no blog:

Precisamos de saber quem é este/a amigo/a, para podermos contactar.É que a Andorinha descobriu uma criança de 4 anos e outra de 10, a precisarem de ajuda.
Por favor contacte connosco.
isabelcamacho@netmadeira.com

Isabel Camacho

18.7.06

Roupa para crianças madeirenses

O Jorge chegou à Madeira no passado dia 15 e trouxe a 1ª remessa de roupa que já começou a ser distribuída, assim como a que fui buscar à Cristina.
Obrigada aos dois, tenham a certeza que faz jeito a muitas crianças.

Isabel camacho

7.7.06

Roupas e mochilas

Acabaram os exames nacionais e a Andorinha entrou em acção.
Já andou a distribuir as roupas e as mochilas que a Sónia e a Iolanda me entregaram.
Espero que os meninos de S. Martinho tenham ficado contentes.
Obrigada.

P.S.:
No dia 15 de Julho o Jorge vem à Madeira carregado de roupas.

Isabel Camacho

29.6.06

Campanha para ajudar a SPAD

De 30 de Junho a 2 de Julho vai decorrer um campanha para ajudar a SPAD (Sociedade Portectora dos Animais Domésticos) que, como é do conhecimento público, atravessa inúmeras dificuldades financeiras.
Nesses dias, decorrerá uma campanha de recolha de alimentos e materiais de apoio para animais, em todas as lojas Pingo Doce. Nas Lojas Pingo Doce Fórum Madeira, Ribeira Brava, Calheta, Machico, Cancela e Anadia, simultaneamente, terá lugar uma campaha de adopção de animais.
Os animais merecem o nosso carinho. Vamos ajudar.

22.6.06

Contacto da Presidência da República

A Isabel Camacho acaba de nos enviar a seguinte informação:

Há duas ou três semanas o Sr Presidente da República promoveu uma iniciativa sobre a inclusão e resolvi enviar-lhe o endereço do nosso blog. Recebi de imediato um mail a acusar a recepção da minha mensagem com a indicação de que em breve me dariam resposta, dado que eu sugeria a Cavaco Silva a divulgação e quem sabe algum tipo de ajuda. Hoje qual não é o meu espanto recebo uma carta da Presidência do seguinte teor: "Tenho a honra de acusar a recepção do e-mail de V. Excia, datado de 31 de Maio de 2006 dirigido a Sua Excelência o Presidente da República, enviando informação sobre um blogue que tem por objectivo ajudar pessoas com carências. Agradecendo s informação prestada, apresento a V. Excia os melhores cumprimentos,

O Chefe da casa civil
José Manuel Nunes Liberato


Isabel Camacho

Ajuda para Angola

Um jovem madeirense está de partida para Angola e , através dele, poderemos enviar os nossos donativos. Numa população tão martirizada, bastam pequenas coisas para criar sorrisos. Vamos ajudar?
Deixo aqui um texto que foi publicado no Jornal da Madeira e que contém os contactos do jovem:

Jovem seminarista madeirense, Pedro Filipe Nóbrega, 19 anos, natural daCamacha e a completar o 12.º ano de escolaridade pretende fazer uma experiência missionária em Angola, junto da missão das Franciscanas deNossa Senhora das Vitórias, em Luanda.O objectivo é “partilhar a minha vida com pessoas que tanto precisam deuma palavra, um gesto, uma ajuda material, etc., para que tenham algo demais risonho, algo com mais sentido. Sinto uma motivação enorme para fazeresta experiência, porque sei que isso me ajudará a humanizar o nossoMundo”, disse ao Jornal da Madeira.
Para concretizar esse desejo, de 13 de Agosto e a 15 de Setembro,necessita de apoios materiais. “Vou ajudar mais na paróquia de SantoAndré, junto dos jovens, e no lar que as Irmãs têm lá. Mas preciso de apoios para a estadia e outras ajudas, como linhas para bordados,cadernos, lápis, coisas elementares, básicas, que a nós não fazem falta eque são muito valorizadas pelas populações mais pobres. Até ao momento, o meu apelo tem sido bem correspndido mas, naeventualidade de não conseguir os apoios necessários, todos os donativosque receber serão na mesma enviados para a missão das Franciscanas deNossa Senhora das Vitórias”, garante Pedro Filipe Nóbrega.
O trabalho das Vitorianas em Luanda, recorde-se, faz-se num centroparoquial de catequese, na assistência aos cuidados de saúde e em muitasoutras actividades consideradas prioritárias pela população“Estas iniciativas são importantes, no plano humano e espiritual, e darãoos seus frutos a seu tempo”, reconhece ainda Pedro Nóbrega.
Contactos para envio de donativos: conta no Banco Totta (0018 0003 13709001 020022), telemóvel 964020960 ou “e-mail”: kefas-nob@msn.com.Vera Luza

20.6.06

Peditório da Associação "Abraço"

Nos dias 23, 24 e 25 de Julho, a Associação "Abraço" vai realizar um peditório de rua, para angariar fundos destinados às obras de reconstrução do edifício da CASA, no âmbito do projecto ABC - Ser Criança.

A "Abraço" precisa de voluntários que colaborem no peditório.

16.6.06

Livros, revistas e jogos para crianças de Moçambique

Até domingo, os madeirenses podem contribuir com livros, revistas, jogos e puzzles, para tornar um pouco melhor a vida de algumas crianças em Moçambique. Esses artigos podem ser entregues no Jardim MUnicipal, onde está a decorrer a II Feira Madeira Natura, organizada pela Associação Ananda Marga. Aqui fica o texto que recebi, com mais pormenores sobre esta iniciativa.

A Margarida, uma das colaboradoras do núcleo regional da Ananda Marga está, através da instituição Congregação das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, a fazer voluntariado de um ano (Outubro de 2005 a Outubro de 2006), em Moçambique, no Centro de Reabilitação Psicossocial das Mahotas.
Recentemente recebemos uma mensagem de e-mail dela a qual nos motivou a avançar com este projecto de recolha - de não só livros, mas também revistas, jogos e puzzles - na Madeira, entre os dias 18 de Maio e 18 de Junho. É possível entregar-nos estes itens, durante os dias e horário da II Feira Madeira Natura, junto ao espaço de actividades para crianças. Alguns dias após a feira iremos reunir todo o material doado e enviá-lo para Moçambique.
Segue-se um excerto do texto original da mensagem da Margarida, estando o mesmo, na totalidade, disponível em: http://anandamarga.pt/?article=177&visual=4
"Por aqui as coisas continuam a correr. Trabalho há muito para fazer. Vontade também. África é um encanto. Vai ser difícil a separação. E as crianças então... Parte-se-me o coração sempre que me lembro da partida. Mas as saudades de todos aí já são muitas. Queria pedir-vos ajuda para um projecto do centro. (...) Sugerimos, nós os voluntários, que fosse criado um espaço para uma pequena biblioteca, onde, para além de livros, tivéssemos revistas e jornais e também alguns jogos. Eles adoram fazer puzzles, embora com um grau de dificuldade muito baixo. (...) O horizonte desta gente não vai muito além do bairro onde vivem. Não conhecem nada do mundo. Quando lhes falámos nesta possibilidade ficaram animadíssimos"
Estamos disponíveis (através do tel. 962906146) para responder a questões relacionadas com este projecto.
David Aveiro, coordenador Regional

Apoio a famílias timorenses

A ONG portuguesa INDE - Intercooperação e Desenvolvimento - está a apoiar 350 famílias em Díli , Timor e pede a colaboração de todos. Aqui fica o email que recebi e que contém o número da conta onde podem ser depositados donativos:


A INDE – Intercooperação e Desenvolvimento apoia 900 pessoas refugiadas, na rua da Mesquita (bairro de Kampo Alor), em Díli, desde 1 de Junho. Cerca de 350 famílias encontraram abrigo no terreno em redor da Farmácia Central, na rua da Mesquita. Situada no bairro de Kampo Alor, esta rua foi objecto de violência, com a destruição de casas em duas ocasiões. Devido à proximidade com as suas instalações em Díli, a ONG portuguesa INDE assumiu, em coordenação com as organizações internacionais, a responsabilidade de apoio alimentar, sanitário e distribuição de água a este grupo de refugiados. Embora as actividades da INDE, presente em Timor desde final de 1999, sejam habitualmente desenvolvidas em Lospalos (distrito de Lautem, na ponta Leste), a presença em Díli da coordenadora expatriada e do coordenador timorense dos projectos, na altura dos incidentes, levou a assumir a responsabilidade deste apoio. A INDE conta com apoio de residentes portugueses que participam na compra de leite infantil, da organização CARE, e de um médico militar que permitiu uma primeira assistência sanitária. O PAM (Programa Alimentar Mundial) vai iniciar, nos próximos dias, distribuição complementar de alimentos.
Para cobrir as despesas ligadas a esta iniciativa, a INDE lançou, junto dos seus doadores privados, e público em geral, um pedido de apoio financeiro. Para donativos - Conta solidariedade: NIB 0033 0000 2018 0020 7626, do Millenium BCP. As acções visam aliviar o sofrimento das 350 famílias de refugiados e evitar a instalação de um “campo de refugiados”, trabalhando para um rápido regresso às condições normais de vida.

Para conhecer os projectos da INDE em Timor:http://www.inde.pt/Projectos/Internacionais/AntigoMercado.htm
http://www.inde.pt/Projectos/Internacionais/Lautem.htm

14.6.06

Violeta tem nova casa

Lembram-se da Violeta? Ela acaba de ser adoptada.
Obrigada, Andorinha!

12.6.06

mensagem....

Isabel,

já tenho as coisas de que te falei, para a família que estão a ajudar. Podes passar esta terça-feira no meu trabalho para as levares. Liga-me para eu saber a que horas podes passar.
Obrigada,

Lília

9.6.06

Vamos ajudar a Maria

A Maria tem um filho de dois anos com uma doença rara em Portugal (acontece um caso em cada 100.000). Teve de desistir do emprego para dar apoio 24 horas por dia ao seu bebé, que sobrevive ligado a máquinas.
Para complementar o fraco orçamento familiar, decidiu fazer bijuterias, que está a vender na net, através do site Bijuterias da Maria. Vamos todos ajudar? Divulgar o blog da Maria pelos vossos contactos já é uma grande ajuda.
Quem tem esta coragem para tudo enfrentar, merece todo o nosso apoio. O Bebé é lindo. Força, Maria.

Boa ideia!

Podem contar comigo.
Que tipo de alimentos serão mais necessários?
Tenho também algumas roupas para oferecer.

Lília

6.6.06

Recolha de alimentos para crianças

Vamos a uma iniciativa nova.
Pensamos iniciar uma recolha de alimentos a favor de 12 crianças, filhas de duas irmãs, 7 das quais são os nossos 7 órfãos protegidos de S. Martinho.
A ideia foi da Andorinha e eu alinho.
Quem nos quiser seguir é só mandar mensagem que nós procedemos à recolha.

Isabel Camacho

5.6.06

Radiografias antigas podem ajudar AMI

De hoje até ao dia 23, está ao alcance de todas as pessoas ajudar a AMI (Assistência Médica Internacional). Basta dirigirem-se a uma farmácia e entregar as radiografias antigas que têm em casa, radiografias que em princípio já não terão utilidade.
Todas as radiografias recolhidas são enviadas para o continente e daí para a Alemanha, onde uma empresa especializada consegue retirar a prata (10 kg por cada tonelada de radiografias), que depois é vendida ao preço do mercado.
As receitas obtidas são distribuidas pelos vários centros da AMI, para serem utilizados conforme as necessidades. No Funchal também existe um centro Porta Amiga, que todos os dias apoia setenta pessoas. Diariamente almoçam na instituição cinquenta pessoas necessitadas.
Neste momento as maiores necessidades da Porta Amiga do Funchal são ao nível de produtos alimentares, sobretudo destinados à primeira infância.
Quase toda a gente já fez radiografias em alguma altura da vida. Tem a certeza de que ainda precisa delas? A AMI agradece que as entregue numa farmácia até ao dia 23, em vez de as deitar no lixo.

31.5.06

Movimento de Apoio à Grávida








Desde 1999 existe no Funchal (Rua do Bispo, nº 27, 2º andar) uma associação denominada "Movimento de Apoio à Grávida". Talvez por desconhecimento da maioria das pessoas não tem registado muita procura. Aqui fica uma reprotagem da autoria da Patrícia Gaspar, publicado no Diário de Notícias em Fevereiro último. Porque é preciso promover o encontro entre quem quer ajudar e quem precisa de ser ajudado.



MOVIMENTO DE APOIO À GRÁVIDA COM POUCA ADESÃO







MAG surgiu em 1999 como um organismo que visava apoiar gravidezes de risco e combater o aborto



Surgiu em 1999, um ano após o referendo sobre o aborto, e tinha como objectivo combater a interrupção voluntária da gravidez. A Associação "Movimento de Apoio à Grávida" (MAG) mantém as portas abertas, mas as utentes são muito poucas.




A «falta de adesão» não preocupa Fernanda Gonçalves. Na perspectiva da responsável por este movimento, o importante é ajudar as futuras mães «o melhor possível», pelo que «a quantidade de apoios não é relevante».




Enfermeira reformada, Fernanda Gonçalves é também a presidente da Associação Católica de Enfermeiros e Profissionais de Saúde da Madeira (ACEPS), a entidade responsável pela fundação do MAG.




Não obstante a vasta experiência em lidar com grávidas em situação de risco, a profissional de saúde considera particularmente difíceis os tempos actuais, já que «as raparigas engravidam cada vez mais cedo». Embora, considere «reconfortante» o facto de a grande maioria não optar pelo aborto.




A culpa do «aumento das gravidezes na adolescência» é, acredita Fernanda Gonçalves, dos meios de comunicação social, sobretudo da televisão, que vendem o sexo como algo banal e de uma sociedade materialista em que os pais dispensam pouco tempo a acompanhar os filhos.




«Até as escolas já têm máquinas de preservativos. A verdade é que as relações sexuais deixaram de ser entendidas como um acto de amor e estão, hoje, banalizadas», constata, sem poupar críticas «à desresponsabilização dos pais» que não se preocupam em transmitir valores aos filhos.




«Quando vem ter connosco, a maioria das raparigas expressa uma grande falta de apoio moral. Elas precisam de sentir a aceitação das pessoas», acrescenta Fernanda Gonçalves.




Quanto à diminuição no número de grávidas que procuram o MAG actualmente, a enfermeira não acredita que essa vicissitude se possa relacionar com uma diminuição das «gravidezes socialmente complicadas».




«O fenómeno continua a existir. Penso que a redução na procura pelo MAG pode estar relacionada com o facto de a ajuda material não ser uma prioridade para nós», justifica.




Ainda assim, o Movimento de Apoio à Grávida procura disponibilizar, na medida do possível, roupas e outros objectos às mães com dificuldades financeiras.




Para além deste tipo de apoio, o MAG providencia ajuda psicológica e apoio médico, jurídico e social.




«Contamos com parcerias nestas áreas. Sempre que se justifica, a grávida é encaminhada para um especialista», explica Fernanda Gonçalves.




Actualmente, este organismo - afecto à Associação Católica de Enfermeiros e Profissionais de Saúde da Madeira - não possui qualquer verba de apoio fixo. Segundo a líder deste Movimento, o MAG depende exclusivamente das parcerias anteriormente referidas e do apoio de alguns comerciantes que disponibilizam roupas para bebé.




Patrícia Gaspar


MAG
apoiou 45 grávidas em 7 anos






Maioria dos utentes do Movimento de Apoio à Grávida são adolescentes com idades compreendidas entre os 14 e os 16 anos



Desde a sua fundação, passaram pelo Movimento de Apoio à Grávida (MAG) 45 mulheres.




Segundo Fernanda Gonçalves a maioria das grávidas atendidas tinha entre os 14 e os 16 anos, sendo que «algumas delas não podiam contar com o apoio do pai da criança».




A porta-voz do MAG adianta também que as grávidas com problemas de aceitação por parte da família acabaram por ser plenamente integradas no agregado familiar, após o nascimento do filho.




Entre as utentes atendidas no MAG, não constam, de acordo com Fernanda Gonçalves, grávidas com problemas de toxicodependência ou de alcoolismo. A procura por apoio moral é, constata, o principal motivo de quem procura a associação, situada no segundo andar do número 27 da Rua do Bispo, no Funchal.




Actualmente, o Movimento de Apoio à Grávida conta com muito pouca afluência. Todavia, não existem riscos do organismo fechar as portas.




Para além de Fátima Gonçalves, esta associação que visa o apoio e a promoção da vida conta também com a participação do padre Anastácio Alves.




O Movimento de Apoio à Grávida está inserido na Associação Católica dos Enfermeiros e Profissionais de Saúde (ACEPS): um organismo que tem por objectivo defender os valores deontológicos, sociais e espirituais em causa no exercício da profissão de enfermagem e contribuir para a divulgação do pensamento cristão.




Patrícia Gaspar